9 de Dezembro – Dia do Fonoaudiólogo

dia-do-fonoaudiologo

No dia 9 de dezembro é comemorado o dia do Fonoaudiólogo. Parabéns a todos aqueles que exercem e querem exercer essa profissão !

Para falar um pouquinho sobre essa carreira e a sua  rotina, convidamos a Fonoaudióloga Rejane de Castro Silva.  Confiram!

A Fonoaudiologia entrou na minha vida meio por acaso. Cursava o ensino médio no Colégio Batista e ao consultar um guia de estudantes de uma amiga me interessei e identifiquei com a profissão. Hoje, vejo que realmente foi amor a primeira vista. Sou realizada e amo o que faço.

Para quem não conhece a FONOAUDIOLOGIA é a “ciência que tem como objeto de estudo a comunicação humana, no que se refere ao seu desenvolvimento, aperfeiçoamento, distúrbios e diferenças, em relação aos aspectos envolvidos na função auditiva periférica e central, na função vestibular, na função cognitiva, na linguagem oral e escrita, na fala, na fluência, na voz, nas funções estomatognáticas, orofaciais e na deglutição”(CFFa – Conselho Federal de Fonoaudiologia). O Fonoaudiólogo tem autonomia para atuar sozinho ou em conjunto com outros profissionais de saúde em clínicas, creches, escolas (comuns e especiais) e comunidades, incluindo o  Programa de Saúde da Família, unidades básicas de saúde, hospitais, emissoras de rádio e televisão, teatro, home care (atendimento domiciliar), empresas de próteses auditivas, indústrias, centros de reabilitação, entre outros.

Lidar com pessoas e poder ajudar e cuidar delas nos momentos de fragilidade ou de aprendizado, me faz crescer como ser humano e me mostra o quanto é importante  a ajuda e cooperação mútua. É extremamente gratificante ver uma criança portadora de síndrome de Down formar-se na escola regular, devolver o prazer e a segurança alimentar a um paciente  que teve um acidente vascular encefálico, presenciar o primeiro momento de uma criança quando escuta o som do mundo pela primeira vez ao receber um implante coclear… Mas também grandes são as limitações e dificuldades vivenciadas pelo Fonoaudiólogo. Hoje em dia formam-se muitos profissionais e o campo ainda é restrito. A Fonoaudiologia ainda não é uma profissão plenamente reconhecida, e os próprios profissionais muitas vezes aceitam salários e remuneração irrisórias complicando o mercado de trabalho. Também temos problemas com os planos de saúde, que pagam taxas pequenas ao profissional pelos serviços prestados.

Para se ter sucesso, não somente na Fonoaudiologia, mas em todas as demais carreiras, é preciso nunca estacionar no tempo. É necessário constantes atualizações, cursos, ser sempre inovador, audacioso, ser empreendedor, ser persistente. É importante frequentar Congressos, participar de reuniões dos Conselhos, ter uma rede de contatos.

No dia 09 de dezembro de 1981, a lei 6965 regulamentou a profissão do Fonoaudiólogo, e nesta data comemora-se o seu dia.

“Em todos os momentos da vida você pode contar com um Fonoaudiólogo.”

 

Rejane de Castro Silva formada em Fonoaudiologia pelo Unicentro Metodista Izabela Hendrix em 2003, especialista em Motricidade Oral com ênfase em Disfagia e no âmbito Hospitalar pelo Cefac-SP. Atua no Centro Municipal de Atendimento Especializado em Sabará, realiza atendimento domiciliar e ministra palestras.

Contratanet

O Contratanet é a maior rede integrada de portais de vagas para estágio e empregos do Brasil.

Você pode gostar também de...

2 respostas

  1. Antonio disse:

    Achei interessante!
    Oportunidade: Fonoaudiólogo, fonoaudiologia e emprego!

    O trabalho em rede é hoje motivo de sucesso e admiração por parte dos profissionais de saúde.
    Segundos estudos recentes sobre o mercado de trabalho na área da fonoaudióloga, modelos de negócio como o praticado pela empresa Direito de Ouvir aparelhos auditivos, tem a se tornarem uma tendência mercadológica.
    Não é a toa que os fonoaudiólogos parceiros da empresa têm mais motivo para se orgulhar da profissão que outros. De acordo com alguns levantamentos mercadológicos, os fonoaudiólogos que trabalham como credenciados da empresa Direito de Ouvir além de ser os mais felizes, são os mais bem remunerados do país.
    A pesquisa apontou que o fonoaudiólogo que trabalha com aparelhos auditivos, autônomo ou empregado, ganha no mercado atual em média R$ 2.500,00, enquanto um fonoaudiólogo da rede credenciada Direito de Ouvir ganha em média R$ 6.687,70 havendo casos de profissionais que chegam a ganhar até R$25.000.00.
    Um dos fatores que colaboraram com o bom resultado da empresa e dos fonoaudiólogos são os diferencias oferecidos pela empresa, mas de acordo com o estudo grande parte do sucesso se deve também ao fato da empresa oferecer aos profissionais, irrestritamente, toda a bagagem adquirida pela empresa junto ao mercado, em todas as áreas de abrangência.
    Essa tendência de migração dos fonoaudiólogos para o sistema de rede é realmente uma tendência de mercado, afinal redes como esta oferecem flexibilidade, criatividade e visão integrada.
    Lembre-se antes de fazer parte de qualquer negócio, olhe para seus administradores, é importante que sejam éticos, mas não somente isso, é preciso que sejam administradores antenados com as novas tecnologias, dinâmicos e sobretudo empreendedores.
    Espero ter ajudado,
    Abraço e sucesso a todos.
    Marinho
    Consultor Profissional

  2. Contratanet Contratanet disse:

    A equipe do Contratanet agradece a sua participação, Marinho! :)

Deixe uma resposta

300x250-contratanet-1