Empresas RH

Como elaborar um plano de cargos e salários para uma empresa?

Qualquer empresa está em busca do crescimento. Já imaginou encontrar um gestor que abra a porta do escritório pela manhã e pense: “hoje eu quero ficar estagnado!”? É uma realidade inimaginável, não é mesmo?

Sim, pensar no crescimento é fundamental, mas você não pode se esquecer que, assim como a empresa, os próprios colaboradores também possuem as suas ambições pessoais. São justamente elas que os motivam e os fazem dar o melhor de si.

Por isso, é preciso que a sua organização entenda essa realidade e procure maneiras para atender às expectativas dos profissionais. Uma delas é a elaboração de um plano de cargos e salários para a empresa. Como fazer isso? É o que vamos mostrar agora!

Divida os cargos em ramos de atuação

Que tal definir critérios para o plano de cargos e salários? Um bom começo é separar cada cargo em diferentes áreas de atuação. Assim, fica claro para o colaborador qual deve ser o encaminhamento de acordo com o seu setor na empresa.

Além disso, se dividir os cargos, você também poderá dividir responsabilidades. Os diferentes gerentes, por exemplo, podem ficar responsáveis pelo acompanhamento do desempenho dos colaboradores, bem como pelo desenvolvimento de talentos.

Defina responsabilidades e benefícios

Em seguida, você pode dividir as responsabilidades e os benefícios de cada um dos cargos da empresa. Isso é interessante por dois motivos.

O primeiro deles é a própria logística da organização. Ao definir com clareza as responsabilidades, o gestor sabe exatamente a quem procurar quando precisa concluir determinado projeto, por exemplo, e todos saberão quais são as suas atribuições.

Além disso, essa também pode ser uma forma para que o colaborador descubra se quer ou não a promoção dentro da empresa, isso é, se está interessado em assumir as responsabilidades para conseguir os benefícios almejados.

Consulte o mercado e o sindicato

Fazer uma pesquisa é sempre uma boa ideia. Se entrar em contato com o sindicato e fazer uma avaliação do mercado, você saberá exatamente qual deve ser a remuneração para cada um dos cargos na sua empresa.

Assim, você evita que os talentos do seu negócio deixem a empresa em busca de oportunidades mais rentáveis, além de pensar em formas para manter a sua companhia conectada com a realidade do mercado.

Defina níveis de cargos e salários

Para concluir, nossa última dica é que você defina diferentes níveis de cargos e salários. Como fazer isso? É muito simples!

Você conhece os termos júnior, pleno e sênior para a designação de cargos, não é? Essa é uma excelente maneira para definir diferenças entre o salário dos profissionais — normalmente, com um critério relacionado à experiência do profissional.

Por outro lado, cargos são diferenciados por conta da função. Um analista possui demandas completamente diferentes das de um gerente, por exemplo.

Todas as definições que nós vimos hoje te ajudam a criar um mapa do plano de cargos e salários da empresa. Agora, você conseguirá visualizar com clareza todos os cargos que existem, assim como suas remunerações e responsabilidades. Pode ter certeza que isso é importante, principalmente para oferecer transparência para os colaboradores!

E então, gostou de conhecer nossas dicas para a elaboração de um plano de cargos e salários? Tem outras dúvidas sobre o assunto? Experiências para dividir? Deixe seu comentário e entre para a conversa!

Contratanet
Contratanet
A Contratanet é a maior rede integrada de portais de vagas para estágio e empregos do Brasil. Sua tecnologia conecta Instituições de Ensino, Empresas, Candidatos e Portais parceiros, aproximando oportunidades e profissionais, além de efetivar e facilitar toda a divulgação e gestão dos processos seletivos.

Gostou da dica? Deixe seu comentário abaixo: