Candidatos Currículo

Como fazer uma carta de apresentação?

A carta de apresentação geralmente é usada como um documento complementar ao currículo  que o profissional utiliza para se candidatar a oportunidades.

Eventualmente, recebemos e-mails nos questionando sobre a importância dessa carta no currículo. Então, é realmente necessário enviá-la para todas as empresas em que nos candidatamos?

Não, não é! Porém, temos que nos adequar a cada contexto. A carta é indicada para a candidatura de altos executivos e/ou quando a empresa exigir. Mas caso ela não peça, entenda que a carta é dispensável, afinal, ao criarmos nosso currículo, podemos incluir um campo chamado: “perfil profissional” que permite nos apresentarmos profissionalmente. Que é justamente a função de uma carta de apresentação. Será, portanto, neste espaço que você faça um resumo das suas experiências, formação e objetivo, ou seja, sua apresentação profissional.

Mas, caso a empresa exija a carta de apresentação, não vamos te deixar na mão! Veja 10 dicas que a nossa Analista de Recursos Humanos, Alessandra Ravaiani, separou para você aprender como fazer uma carta de apresentação.

Dica 1: A carta de apresentação será o seu marketing pessoal, logo é o espaço que você terá para ressaltar suas principais experiências e qualidades profissionais. Ela deverá convencer o recrutador que você é um candidato adequado para a oportunidade em questão.

Dica 2: Analise bem a vaga para a qual irá se candidatar e avalie se possui as competências e experiências requeridas. Na carta de apresentação, é importante destacar os aspectos pessoais e profissionais que você possui e que são relevantes para a oportunidade desejada. Logo, para cada empresa ou oportunidade sugerimos uma carta feita sob medida.

Dica 3: Evite falar de aspectos negativos sobre si mesmo na carta ou que não tenham relação com a vaga.

Dica 4: Fale sobre o que o interessou na oportunidade e na empresa, cite os pontos que chamaram sua atenção e, se possível, mostre como suas habilidades ajudarão naquela empresa especificamente.

Dica 5: A carta pode e deve vir acompanhada do seu currículo, seja em arquivos diferentes ou antecedendo o currículo dentro do mesmo documento.

Dica 6: Procure endereçar a carta à uma pessoa ou à um setor específico.

Dica 7: Faça uma carta breve, seja objetivo e direto.

Dica 8: Leia e releia sua carta de apresentação para  evitar erros de português. Atente-se ao vocabulário, pontuação e concordância do seu texto.

Dica 9: Sobre a estrutura, como se trata de uma carta, comece colocando a cidade e a data no topo do documento. E ao final, finalize-a com seu nome e sobrenome, alinhados à direita.

Dica 10: Utilize fontes comuns, como “Times New Roman” ou “Arial”. Não ultrapasse o tamanho 12 para a letra e coloque o espaçamento de 1,5. Isso deixará sua carta visualmente mais bonita e organizada.

Agora que você já aprendeu como fazer uma carta de apresentação, mãos à obra! E qualquer dúvida é só deixar um comentário para a gente!

Alessandra Ravaiani
Alessandra Ravaiani
Alessandra é Psicóloga e Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas. Atua com Recursos Humanos há mais de 7 anos e, como colaboradora do Blog do Contratanet, compartilhará conosco sua vivência e experiência.

Gostou da dica? Deixe seu comentário abaixo: